O vício de falar mal dos outros

Oi Apaixonada!

Hoje o post não é tão longo, semana corrida, sabe como é né! Nessa semana tive alguns eventos distintos da Natura e do Avon e como essas empresas são focadas no público feminino, não tem como não ter muuuita mulher nesses encontros e acabei analisando alguns hábitos frequentes que temos, digo temos, porque EU também tenho e me pego fazendo isso, ainda brinco dizendo que “são breves comentários da vida alheia” mas isso é só uma forma descontraída de dizer que também fofoco e falo mal da vida alheia, mas NÃO QUERO e NÃO TEREI esse vício. Por isso, para fechar a semana com uma reflexão muito bacana, replico abaixo um texto sobre o vício de falar mal dos outros.

Imagem 

“É incrível!! Ninguém mais agüenta gente que fala mal dos outros o tempo todo. Gente que parece não ter outro assunto a não ser falar das outras pessoas. Será que essa gente não percebe o que todos estão enxergando? Falar mal do chefe, do patrão, do subordinado, do colega, do vizinho, do concorrente, do fornecedor, acaba sendo um vício que precisa ser combatido por aqueles que fizeram do falar mal seu verdadeiro “emprego”.

Você já foi no lugar do cafezinho? O que estão falando? Mal dos outros!

Você já viu o que conversam na hora do almoço? Mal dos outros! e quando chegam em casa essas pessoas falam o que? Mal dos outros! Se você também adquiriu esse “vício”, acabe com ele! Uma pessoa que fala mal dos outros perde a própria credibilidade.

Imagem

Outro dia recebi uma pessoa com excelente currículo que queria um emprego. Eu estava disposto a empregá-lo. Na entrevista ele começou a falar mal de todos os seus ex-patrões, de seus ex-colegas, das empresa em que trabalhou. Imediatamente desisti de contratá-lo. Contando esse caso para outras pessoas que estão empregando novos funcionários, todos disseram ter a mesma reação. Ninguém tem coragem de contratar um falastrão, a verdade é essa. Nesta semana, gostaria que você fizesse um exame de consciência e visse se você também não é tipo “viciado” em falar mal dos outros.

Lembre-se que pessoas de sucesso não precisam falar mal de ninguém para vencer.

Uma pessoa segura de si própria, quando não pode falar bem de alguém, não fala mal.

Pense nisso…”

Autoria: Luiz Almeida Marins Filho

"Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado. Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende. 
E é assim que perdemos pessoas especiais.
O medo transforma em estranhos, pessoas que deveriam ser amigas."

——————————————————————-

…Assim também a língua é um pequeno membro, e se gaba de grandes coisas. Vede quão grande bosque um tão pequeno fogo incendeia. (Tiago 3.5)

Imagem

——————————————————————- 

Fonte Imagens: Internet Google e Facebook

E aê, você também se pega nessa situação? Sei que não tem muito jeito, temos que falar da vida alheia, mas podemos trocar ideias de uma maneira menos agressiva e pejorativa, pois é na troca de experiências que crescemos como pessoas, mas não precisa o tempo ficarmos massacrando àquele ou àquela. Vamos nos autoconhecer, nos policiar para NÃO ficarmos viciadas nisso né!!

Um beijo carinhoso para você e muita paz e sucesso!!

Imagem

Sou a Renata Fernandes, colaboradora do Apaixonada Por Pijama, proprietária da loja virtual Natimus Beauty e do BLOG Natimus Beauty, para você que chegou agora e ainda não me conhece, clique AQUI e saiba um pouquinho sobre mim em meu post de apresentação. 
Anúncios

11 comentários sobre “O vício de falar mal dos outros

    • É verdade Marissa, não devemos alimentar esse hábito, porque o hábito é uma recorrência, é uma atitude diária né! E infelizmente tenho visto muito disso, sem dizer o pessimismo. Triste!! Mas podemos mudar, é só querer 😉
      Um beijo e muito obrigada pela visita.

  1. É um vício muito feio, você realmente perde a credibilidade. Se uma pessoa fala mal de outra pessoa para mim, penso que esta mesma pessoa deve falar mal de mim para outros.
    “Pessoas sábias falam sobre idéias;
    Pessoas comuns falam sobre coisas;
    Pessoas medíocres falam sobre pessoas”.
    Ótimo texto. Beijos

    • Disse tudo menina, um vício terrível e realmente demonstra que a pessoa não tem credibilidade e tampouco conhecimento de si mesma, pois não respeita o próximo o que dirá de si mesma né! Medíocres com certeza.. é triste!
      Um beijo e obrigada pela vista.

    • É Bruninha, falar mal da vida alheia é um vício e um dos mais terríveis, tenho pra mim que as pessoas com esse estilo são super mal amadas, inseguras e vivem uma péssima vida. Só lamento!!
      Um beijão sua linda.

    • Muito obrigada Mandy!!
      Devemos sempre nos autoanalisar, promover o nosso crescimento pessoal e intelectual, hoje vejo muitas pessoas almejando somente o crescimento profissional, esquecendo que o que permanece o que está dentro de nós, e aquilo que temos é o que expomos e compartilhamos com o mundo.
      Um beijão.

  2. Oiii Rê! Ameiii o post! Você escreve muiiito bem! Vou contar minha experiência… Então, eu tenho loja em uma galeria e o administrador de lá tinha algumas atitudes que me deixavam indignadas e eu peguei o vício de falar mal dele… Mas aquilo me fazia mal, sabe?! Só fazia aumentar a raiva e aquela atitude minha eu também não aprovava, pois não gostava de ouvir ninguém fazendo fofoca, e porque eu estava entrando nessa, né?! Então fiz uma meta escrevi na minha agenda e tudo! Me livrei do vício! hehehe
    É normal, infelizmente de vez em quando nos pegarmos fazendo uma presepada dessas, mas temos que ter a atitude de reconhecer que isso não é bom, e se esforçar por melhorar sempre!
    Há, também tenho uma outra experiência, nessa luta por melhorar veio uma pessoa fazer fofoca, e ela não parava, nossa estava terrível… Daí eu pedi pra ela procurar outra pessoa pra falar sobre aquele assunto pois eu não aguentava mais… Ela parou de falar comigo por meses… HEHEHE. Fazer o que né?! Acontece….
    http://www.dicaspreciosas.com

    • Oi Tati, tudo bem lindinha!
      Muito obrigada pelo elogio, eu escrevo de coração ❤ gosto muito de me expressar com a linguagem escrita.
      E te entendo perfeitamente, já aconteceu comigo também de entrar nessa onda, acredito que quando a gente convive com pessoas que tem essa mania de viver na derrota, falando mal dos outros e pessimistas, nós pegamos esse vício… por isso que acho que chamam de vício né! E fofoca é dose!! Não digo que não fofoco, até mesmo porque falar das pessoas, das experiências e etc faz parte do ser humano, aprendemos com a troca e a linguagem é a nossa ferramenta, mas o punk é quando a gente vicia, fica com a mania e só vê o lado negativo e como vc disse, isso nos desagrada, nos faz mal e no fundo fundo a nossa consciência começa a nos alertar de que não é esse o caminho… bem, pelo menos isso acontece com pessoas do BEM como NÓS =D a consciência clama!!
      E admiro sua atitude de dizer a real para essa pessoa que ficava tirando sua paz comentando pejorativamente sobre a vida alheia, vc fez muito bem. Eu sou bem despachada, faço a mesma coisa que vc, já digo logo: "- ôh minha filha, se manca né! Meu ouvidinho não é lixeira, se melhore e cuide de sua vida!" e se não quiser mais falar comigo, paciência!! Costumo pensar que quem tem a perder é a pessoa que deixará que conviver com uma pessoa maravilhosa como eu ahaha
      Um beijão e boa semana.

      http://www.natimusbeauty.blogspot.com.br
      http://www.renatimus.blogspot.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s